Belle Époque: Hotel de charme na melhor localização de Baden-Baden, sem restaurante, mas com belo jardim

Maria-Viktoria-Strasse 2c

quase esquina com a Bertholdstrasse

Baden-Baden

CEP 76530

49 (0) 7221 / 300-660

Preço aproximado para duas noites (três dias) de hospedagem para duas pessoas com café da manhã: a partir de R$ R$ 2.050, considerando duas diárias a € 240 cada (R$ 1920) em quarto duplo + 6,38% do IOF do cartão de crédito (€ 31) x R$ 4 (taxa de câmbio turismo do dia 11 de janeiro de 2018).

Aceita todos os cartões de crédito.

{ FAÇA A SUA RESERVA PARA ESTE HOTEL, CLICANDO AQUI }

20 quartos e suítes

Hora do check-in: 15h

Hora do check-out: 12h

Wi-fi gratuito, de ótima qualidade

O hotel não tem restaurante para almoço e jantar

O hotel não tem bar, mas drinques são servidos no lobby

Café da manhã servido das 7h às 11h

Serviço de quarto 24 horas

Não tem academia

Gay-friendly

Crianças bem-vindas

Pets bem vindos

Preço do estacionamento por dia: € 19

O Belle Époque tem ainda carregadores para carros elétricos

Desde 2000

Site, clique aqui

Uma linda e elegante casa do fim do século 19 situada em uma rua praticamente residencial, a cinco minuto s a pé do centro de Baden-Baden e a 250 metros da Lichtentallerallee, se transformou no Belle Époque: um hotel pequeno, aconchegante, decorado com móveis antigos (nem sempre bem conservados), sem restaurante (nos salões só são servidos os ótimos café da manhã, o chá da tarde e drinques o dia todo, em mesas elegantemente decoradas, mas dá para almoçar e jantar no outro hotel do mesmo dono, o Der Kleine Prinz — o hotel oficial do Pequeno Príncipe! —, a dois minutos daqui, na própria rua, ou ainda no Brenners, a uma quadra), mas com um jardim-com-fonte  daqueles que nos dão vontade de passar a vida lendo a obra completa de Balzac.

Os quartos estão espalhados por quatro prédios, e como não há elevadores em todo o hotel (também tem uma escada para acessar a recepção, o que é ruim para pessoas com mobilidade reduzida), prefira sempre se hospedar no prédio principal — onde é servido o café da manhã e estão sete dos quartos do Belle Époque — e no primeiro andar (se o tempo estiver bom, dá para tomar café da manhã no terraço com vista para o jardim). O serviço do hotel é excelente e eles vão subir e descer suas malas, mas dois lances de escada em casa antiga com pé-direito alto depois de um jantar com vinho ou uma noitada no cassino é sempre desestimulante… Na decoração, cada quarto tem um estilo distinto, que vai do Império ao Art Déco passando pelo vitoriano, Biedermeier, Louis 16; uns mais claros, outros mais escuros; e são decorados com móveis antigos. E essa é uma das minhas ressalvas: a minha mesinha de trabalho do século 19 não funcionava direito, o guarda-roupa (enorme) era meio ruim de abrir, e até as cadeiras do restaurante — também antigas — não convidam a permanecer muito tempo nelas… Os lençóis tampouco são da melhor qualidade e, no banheiro, o chuveiro fica dentro da banheira de uma forma meio desconfortável (e eu sempre acho meio perigoso cair na hora de sair da banheira molhada, ainda mais porque ela é meio alta). De qualquer forma, a localização é excelente, o serviço bastante profissional e simpático, e levando em conta que as diárias aqui custam metade do que custam no vizinho — e mítico — Brenners, o Belle Époque é uma elegante opção a ser considerada para a sua próxima estadia em Baden-Baden.

RESERVAS:

Faça a sua reserva para o Belle Époque, clicando aqui. 

LEIA TAMBÉM:

— Baden-Baden: Banhos termais – vestido ou nu , natureza, bolos divinos, música clássica e cassino

— Hamburgo: A mais elegante – e rica – cidade da Alemanha e que influenciou o hambúrguer nascido em NY

— Meissen: Quando os alemães decifraram a fórmula secreta da porcelana chinesa depois de séculos de paixão pelo “ouro branco”

hotel-belle-epoque-baden-baden-small-luxury-hotels-review-1100-5A entrada da villa  Belle Époque, que pega toda a extensão do quarteirão e tem saída para ambas as ruas: a Maria-Viktoria e a Ludwig-Wilhelm. Tem estacionamento, que custa € 19 por dia, e ainda tomadas para você abastecer seu carro elétrico. Imagem: Shoichi Iwashitahotel-belle-epoque-baden-baden-small-luxury-hotels-review-1100-6Atravessando a recepção e o salão, chega-se ao lindo jardim, perfeito para os dias ensolarados. Imagem: Shoichi Iwashitahotel-belle-epoque-baden-baden-small-luxury-hotels-review-1100-7A casa vista pelo fundo do jardim. Imagem: Shoichi Iwashita
hotel-belle-epoque-baden-baden-small-luxury-hotels-review-1100-9No salão principal, pode-se tomar café da manhã, chá da tarde ou drinques à noite. O Belle Époque só não tem restaurante para almoço e jantar. Para isso, você pode ir tanto ao Kleine Prinz, o hotel do mesmo dono que fica a duas quadras daqui, ou então, comer no Brenners, o hotel mítico que está a uma quadra, e tem três restaurantes, dois abertos o dia todo e um que leva duas estrelas Michelin. Imagem: Shoichi Iwashita hotel-belle-epoque-baden-baden-small-luxury-hotels-review-1100-10Um cantinho do salão. Imagem: Shoichi Iwashita hotel-belle-epoque-baden-baden-small-luxury-hotels-review-1100-1O quarto é espaçoso e bastante correto, mas o enxoval poderia ser bem melhor. Imagem: Shoichi Iwashitahotel-belle-epoque-baden-baden-small-luxury-hotels-review-1100-2Quase todos os quartos têm banheira e a ducha é esse chuveirinho que está na foto. Senti falta também de pias mais espaçosas. Imagem: Shoichi Iwashita hotel-belle-epoque-baden-baden-small-luxury-hotels-review-1100-3Café da manhã elegante e completo. Imagem: Shoichi Iwashita hotel-belle-epoque-baden-baden-small-luxury-hotels-review-1100-4Começando o dia no Belle Époque. Imagem: Shoichi Iwashita

Arte-Banner-Instagram-Divulgacao-10

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com