• CONTINENTE

  • PAÍS

  • REGIÃO | ESTADO

  • CIDADE

  • BAIRRO

  • ESTILO

  • ÉPOCA

  • CARACTERÍSTICAS

Revistarias


Rizzoli Nova York

A Rizzoli, aberta em Nova York em 1964 pelo magnata da comunicação italiano Angelo Rizzoli lui même, era considerada uma das mais bonitas livrarias do mundo, mas foi fechada 2014 para que o prédio da 57th Street  fosse demolido. Mas uma das minhas duas livrarias preferidas da Big Apple reabriu (a outra é a McNally & Jackson, no SoHo; saiba tudo, clicando aqui), agora em Nomad (entre a Eataly e o Nomad), e acredite: é bem provável que a nova e única loja da Rizzoli nos Estados Unidos (eles também têm corners  no Eataly e na Saks) recupere seu título de beleza.

O térreo do edifício do começo do século 19 recebeu a belíssima marcenaria de arcos serlianos, vieiras douradas incrustadas e boiseries  da loja antiga — junto com os icônicos lustres de ferro da 57 — que foi restaurada e veio para o novo endereço, que agora tem 450 Ver Mais →

VEJA MAIS

Laselva Congonhas

Para quem ama revistas, entrar hoje na Laselva de Congonhas — que já foi uma das mais completas revistarias da cidade — dá um pouco de tristeza. O espaço dedicado aos periódicos é cada vez menor, pois foram substituídos por livros best-sellers  de auto-ajuda emocional e profissional, chocolates, salgadinhos. Mas, essa foi a primeira loja da Laselva, fundada em 1947 e sua localização não poderia ser mais especial e privilegiada: o saguão futurista e aeroespacial do Aeroporto de Congonhas, um dos locais mais charmosos da cidade.

E para os insones como eu, ela fica aberta 24 horas, assim como o ótimo estacionamento do aeroporto. Mas, depois da meia-noite, dá pra parar o carro bem na curva em frente ao saguão, porque está tudo vazio e é permitido estacionar. ;-)

O café do saguão também fica aberto 24 horas*, o que faz uma visita à Laselva Congonhas um ótimo programa para os paulistanos que já querem ler o jornal do dia seguinte tomando um café no saguão vazio, apreciando os painéis e a arquitetura do nosso belo aeroporto.

* O café só fecha por volta de trinta minutos entre 1h e 1h30 da manhã, quando estão fazendo a mudança de dia no sistema. Ver Mais →

VEJA MAIS

Banca Europa

A dica rua  de revistarias 24 horas da Simonde é a Banca Europa, no coração do Jardim Europa, na esquina da Avenida Europa com a Rua Groelândia. Banca tradicional (daquelas de aço e pré-fabricadas comuns em todo o Brasil) e com mais de 40 anos de existência, a quantidade de títulos nacionais e importados é tão grande que é difícil “navegar” pelas revistas. Nas prateleiras, não espere ver as capas; é preciso ler o título na lombada e ir puxando uma a uma.

Mas esse é o forte da Banca Europa: a variedade de bons títulos. Das Vogue (Italia, Paris, America, Brasil), Vanity Fair, Love, Tate Etc., Pop, Interni, Beaux Arts, entre inúmeras revistas semanais, de moda, decoração, arquitetura, viagens, literatura e política. São 5 mil revistas para folhear.

E é fácil estacionar: na esquina, em frente à banca, fica um recuo da calçada que acaba servindo de estacionamento.

VEJA MAIS

SIGA A SIMONDE

Interaktiv