Eleven Madison Park

11 Madison Avenue

Na esquina com a 24th Street, onde começa a Madison

Em frente ao Madison Square Park

Flatiron

23rd Street Subway Station

Linhas N e R

NY 10010

1 212 / 889-0905

As reservas precisam ser feitas com 28 dias de antecedência, por telefone, de segunda a segunda, das 9h às 18h, no 1 212 / 889-0905 ou no site do OpenTable, clicando aqui

Preço aproximado por pessoa: R$ 1.330 considerando o menu-degustação de US$ 195 por pessoa + harmonização de vinhos com o menu (a combinar com o sommelier) de US$ 230 por pessoa + impostos (8,9%) de US$ 38 + gorjeta (15%) de US$ 70 = US$ 532,00.

Aceita todos os cartões de crédito

O Eleven Madison Park abre de segunda a domingo para jantar e de quinta a sábado para almoço.

Segunda a quarta:

Jantar, das 17h30 às 22h

Quinta a sábado:

Almoço, das 12h às 13h

Jantar, das 17h30 às 22h

Domingo:

Jantar, das 17h30 às 22h

ChefDaniel Humm

Desde 1998, mas o chef Daniel Humm só assumiu a cozinha em 2006.

Site, clique aqui


Ver NewYork_Simonde num mapa maior

Assim como o Gordon Ramsay da Royal Hospital Road  em Londres, o Eleven Madison Park é a quinta-essência gastronômica de Nova York: fica em frente ao Madison Square Park (e no MEIO, entre uptown  e downtown, entre o oeste e o leste de Manhattan); o salão dramático tem pé-direito alto com grandes janelas (bem bonito na hora do almoço com a luz do dia); fica num prédio art-déco que parece ter saído de Gotham City; é fun and entertaining – talvez herança do showbiz  norte-americano -; e o serviço é mais solto, menos formal que em outros restaurantes gastronômicos na cidade (como Per Se, Jean-Georges ou Le Bernardin) mas ainda assim muitíssimo profissional (e como é sempre bom ser atendido por pessoas que entendem muito de comida e bebida).

Quanto à comida, não são todos os pratos que fazem você querer comer novamente (eles perguntam se você tem alguma restrição no início da refeição e preferem fazer surpresa sobre o que será servido no menu-degustação, ou seja, você não tem a menor noção do que será servido no dia). Mas considerando o cozimento perfeito de cada produto utilizando a técnica francesa (nunca comi um pato assado tão incrível na vida: carne macia e pele crocante, que o cozinheiro faz questão de, antes de servir, desfilar com ele ainda na panela pelas mesas do salão), o rigor na escolha e procedência dos ingredientes – geralmente da região (das cenouras às lagostas passando pelo mel e até cervejas) -, e o caráter inventivo, fun (são algumas as surpresas durante a refeição!) e experimentalista do chef-suíço-que-fez-bonito-na-Big-Apple  Daniel Humm (obviamente, você estará imbuído desse espírito ao comer lá), o Eleven Madison Park, cujo menu é sempre um tributo às tradições da região de Nova York, merece ser visitado.

O Eleven Madison Park existe desde 1998, quando era uma brasserie  francesa e pertencia ao restaurateur  Danny Meyer (do Union Square Café, Gramercy Tavern, The Modern, Untitled entre outros). Em 2011, o chef  Daniel Humm e o restaurateur  Will Guidara (que também trabalhava no Union Square Hospitality Group) compraram o Eleven Madison Park de Danny. No ano seguinte, em 2012, eles assumiram a divisão de comidas e bebidas incluindo o restaurante do The Nomad Hotel (a quatro quadras do Eleven Madison Park), que também é uma delícia; lembra o Costes de Paris, tão charmoso e aconchegante quanto e com ótimos drinks  e comida. Abaixo, a mágica e o ballet  do salão durante uma noite de serviço:

A Night of Service at Eleven Madison Park from Nick Cannell on Vimeo.

Nova York, 13 de abril de 2013. 


Ver NewYork_Simonde num mapa maior

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com