McNally dispensa assistentes dos banheiros do Balthazar

_2Uma das experiências mais desagradáveis em alguns restaurantes e hotéis em Nova York e Londres é a presença de um “assistente” no banheiro, geralmente estrangeiros que mal falam o idioma local, para colocar sabonete líquido nas suas mãos e que fica ao seu lado esperando você enxaguá-las para lhe dar os papéis para secá-las – esperando uma gorjeta ao final do ritual. Confesso que já saí do banheiro sem lavar as mãos intimidado por não ter dinheiro (e todos sabem como americanos levam a gorjeta a sério).

Mas o restaurateur  que inventou o downtown nova-iorquino Keith McNally (aka  Balthazar, Pastis, Morandi, Odeon, Schiller’s) decidiu acabar com o cargo de serventes de banheiro de seus restaurantes depois de o colunista do Business Insider, Henry Blodget, escrever uma coluna sobre sua desagradável experiência no banheiro do Balthazar ao ter alguém “a um metro de mim me vendo fazer xixi”.

Apesar de aceitar e concordar com o polêmico colunista de economia (que já foi acusado de fraude pela US Securities and Exchange Commission), McNally não irá demitir os funcionários, mas sim redirecioná-los para outras funções.

São Paulo, 6 de novembro de 2013. 

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com