Qual o modelo correto do iPhone 8 comprar nos Estados Unidos e quanto ele custa com os impostos?

É preciso comprar o modelo correto para que o iPhone 8 funcione no Brasil.

Para atender às diferentes tecnologias utilizadas pelas operadoras de telefonia celular do mundo (CDMA, GSM, e todas as diferentes frequências), a Apple lança vários modelos de iPhone; que são idênticos por fora. E, dos três modelos de iPhone 8 lançados recentemente (mais três do iPhone Plus), apenas um foi homologado pela Anatel, e só ele funciona no Brasil: o A1905 (e no caso do iPhone 8 Plus, o A1897). É esse número que você deve levar à loja da Apple no exterior para comprar o telefone correto. E um teste que você pode fazer na hora é já colocar o seu chip brasileiro (o nano-SIM, esse tamanho de chip  que a gente já usa desde o iPhone 6) no aparelho novo — tudo bem que eles só vão deixar você abrir a caixa e fazer isso depois do pagamento feito — e ver se ele encontra a rede da AT&T (no meu caso, já que a AT&T é a operadora americana com quem a TIM, minha operadora de celular no Brasil, tem contrato de roaming nos EUA).

VALE A PENA COMPRAR O IPHONE 8 NOS ESTADOS UNIDOS?

qual-modelo-de-iphone-8-comprar-no-exterior-nos-estados-unidos-1100-2Outra informação importante é que para funcionar no Brasil ele precisa estar desbloqueado (unlocked, SIM-free), sem nenhum desconto por estar atrelado a uma operadora de telefonia local. Por isso você vai precisar pagar sempre o preço cheio, e mais alto: US$ 849 pelo iPhone 8 com 256 GB de capacidade (não consigo imaginar quem compra a outra versão, com apenas 64 GB) ou US$ 949 pelo iPhone 8 Plus com 256 GB; é importante saber disso pois eles sempre anunciam que você pode comprar o iPhone 8 a partir de US$ 699… Adicione ao preço o imposto (tax) de 8,88% e chegamos ao valor final de US$ 924,40 para o iPhone 8 e US$ 1.033,22 para o iPhone 8 Plus. Se o pagamento for feito com cartão de crédito, é preciso considerar ainda o IOF de 6,38% sobre compras no exterior. E aí, chegamos ao valor de US$ 983,37 para o iPhone 8 e US$ 1.099,14 para o iPhone 8 Plus. Considerando que o dólar de conversão do cartão de crédito (vou usar como exemplo o que o meu cobra em 3 de novembro de 2017) seja R$ 3,42, o preço em real do iPhone 8 comprado nos Estados Unidos será de R$ 3.364 e do iPhone 8 Plus, de R$ 3.760, o que dá uma diferença de R$ 1.435 (US$ 420) para o iPhone 8 e R$ 1.640 (US$ 380) para o iPhone 8 Plus em relação aos preços praticados pela Apple no Brasil (R$ 4.799 e R$ 5.399, respectivamente). E você ainda pode “vender” o seu telefone antigo para eles e pagar ainda menos (leia mais no próximo tópico). Com essa diferença dá para jantar — sem vinhos — num restaurante gastronômico em Nova York como o Bernardin, o Eleven Madison Park ou o Per Se.

A APPLE COMPRA O SEU TELEFONE ANTIGO, MESMO SE FOR SAMSUNG

Através do programa Trade-Up, a Apple compra o seu telefone antigo e você resgata o valor de duas formas: ou como desconto no aparelho novo ou como um gift card  para compra futura. Eles pagam até US$ 145 no seu iPhone 6 (se estiver perfeito), e até US$ 375 no seu iPhone 7 Plus. É só levar na loja que todo o processo é feito na hora.

PELÍCULA DE VIDRO

Ainda na loja da Apple, não deixe de já pedir para colocarem o vidro protetor no seu telefone. Eu comprei o InvisiGlass Ultra da Belkin, que custa US$ 43,50, já com o imposto, e tem garantia mundial ilimitada: se a película de vidro — que é da Corning — se quebrar, você pode trocar por outro sem nenhum custo adicional (não sei como isso funciona ainda na prática aqui no Brasil, mas vou tentar descobrir para atualizar aqui posteriormente). Sem falar que eles possuem um suporte da própria Belkin para colocar a película no celular, que deixa a instalação perfeita e uniforme (bem diferente dos lugares aqui que instalam a película “no olho” e nunca cola direito nas extremidades). Vale a pena.

CAPA PROTETORA

qual-modelo-de-iphone-8-comprar-no-exterior-nos-estados-unidos-1100Eu nunca gostei de usar capinha no celular, mas depois de ter gastado várias vezes o valor do telefone trocando o vidro quebrado, quando comprei o iPhone 6 resolvi comprar também a capinha de couro da própria Apple, que eu achava elegante. Mas esse case da Apple é aberto na parte inferior e adivinhem: mesmo com o case  original e a película protetora, o meu vidro se quebrou lindamente (e só o vidro quebrou e não a película, olha só) pois, em uma das quedas, ele caiu no chão batendo justamente na parte não protegida (e a batida fez com que meu vidro se rachasse por inteiro; e na terceira queda o botão home parou de funcionar). Por isso, compre uma capa que proteja o telefone de todos os lados. E nas lojas da Apple, você vai encontrar vários modelos lindos de capas protetora, todas com estatísticas do tipo “protege contra quedas de dois metros, quatro metros; testado e aprovado”. As minhas capas preferidas são as da Nomad, que são vendidas não só online  (onde é mais fácil de encontrar o modelo e o tamanho que você quer), mas também nas lojas Best Buy. Calcule US$ 45 (já com imposto) por uma capa linda como esta de plástico e couro natural (que vai envelhecendo lindamente), com revestimento interno de tecido macio para proteger o seu iPhone 8 ou 8 Plus. {Clique aqui para acessar o site  da Nomad.}

CABO QUE NÃO QUEBRA

O cabo que vem com o iPhone não dura muito. Ele quebra e sempre chega aquele momento em que você precisa ficar mudando o cabo de posição para fazer o contato e o telefone carregue. Já faz um tempo que eu uso o cabo também da Belkin, o Mixit DuraTek, que é feito com um nylon  ultrarresistente e garantia de cinco anos, e não há sinal de que ele vá quebrar tão cedo, além de ser lindo. Calcule US$ 33 (já com imposto) para comprar o seu cabo de 1,2 metro de comprimento. Mas já compre dois: um para deixar em casa e outro para deixar no carro e usar com o Odoyo abaixo.

CARREGADOR PARA O CARRO

Depois que eu comprei o carregador da Odoyo, eu nunca mais tive de comprar outro. Sem falar que, além de não queimar, ele carrega o telefone de forma bem rápida. Por isso, já compre o carregador para carro Odin — US$ 27, já com o imposto —, que tem três saídas USB — dá para você e o seu amigo carregarem o celular ao mesmo tempo — e use com seu cabo ultrarresistente Belkin (a Odoyo também tem seus cabos).

NEM SEMPRE VOCÊ ENCONTRA TODOS OS ACESSÓRIOS NAS LOJAS

Eu detesto perder tempo nas viagens em lojas, procurando, pesquisando, pagando, carregando, enquanto eu poderia estar em um museu, em um café, ou apenas flanando pela cidade. E nem sempre você vai encontrar os produtos que você quer na loja que você está. Por isso, tirando o iPhone e a película protetora, o melhor a fazer é já comprar online  tudo o que você quiser antes da data da sua viagem e mandar entregar no hotel. Quando você chegar, já vai estar tudo lá.

E O iPHONE X?

Já se você quiser ir para a próxima geração de iPhones, o modelo homologado pela Anatel para o iPhone X (que é “Ten” e eu estava falando iPhone “Éks”) que funciona no Brasil é o A1901. E mesma regra: tem de comprar o desbloqueado-unlocked-SIM-free. Mas até o momento (esta matéria foi publicada em 5 de novembro de 2017), a Apple não está vendendo ainda a versão desbloqueada do iPhone X.

Pronto, seguindo essas dicas, basta colocar seu chip local quando o avião pousar no Brasil e já começar a usar seu novo telefone. E você? Tem algum acessório que considera indispensável que não está nesta lista?

LEIA TAMBÉM:

— Se você preza por sua imagem, apenas não use produtos falsificados

— Etiqueta em restaurantes japoneses: O guia definitivo do shooyu

— Armani Hotel Milano: Experiência milanesa autêntica

Arte-Banner-Instagram-Divulgacao-10

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com