Sobre a Simonde

Logo_Completo_Fitted_Square

A Simonde é um site  de viagens, gastronomia e cultura (sem deixar de lado outros temas interessantes) produzido com o objetivo de informar, organizar e entregar a informação que você busca quando você precisar. Do luxo “inacessível” às coisas simples e charmosas — porque o que conta é o momento —, estamos sempre na busca do melhor e da maneira mais legal de contar as histórias.


MANIFESTO SIMONDE
Uma sensação, um sentimento. É explorar o universo das infinitas sensações interiores através das artes, seja como criador, consumidor ou apenas apreciador. Agrada ao espírito sem ser uma necessidade do corpo. É a apreciação do mais refinado da capacidade do homem na expressão do seu melhor. É a beleza, a harmonia, o conforto, o capricho, a exclusividade, o estar bem, o aconchego, a segurança e a alegria de viver. É paz em movimento, espaço e silêncio. É o Tao. É o humanismo e a solidariedade. É a convivência verdadeira com pessoas queridas. É o esplendor da vida e da realização humana. É a abundância de recursos do universo. Valores que só se adquire através da cultura e da sabedoria.


COMO SURGIU?
A Simonde nasceu de um hábito da adolescência: colecionar cadernos com anotações. Cadernos de idiomas, caderno de frases, cadernos com anotações de viagens, leituras, filmes, peças e pensamentos. Além do costume de escrever, sou um apaixonado por papel (literalmente), seja  jornal, revista, livro, fotos, catálogos, origami, cadernos (adoro pegar um caderno novo e virgem) e até mesmo papel sulfite. E minha coleção de cadernos com anotações se expandiu para livros e filmes de arte, amostras de papéis, catálogos de moda, programas de ópera e balé, recortes de jornais e revistas, muitas revistas. Infelizmente, muito desse material foi parar na casa de outras pessoas, em bibliotecas ou mesmo, no lixo, já que minha mãe e meu apartamento não permitiam tanto papel acumulado.

No meio de uma ‘crise existencial’, tive a ideia de dar uma utilidade a essa bagagem repleta de informações e cultura. Conversei com amigos e comecei a estruturar o projeto. Acabei, conhecendo uma pessoa e apresentando a ele o projeto (Pedro Cruz Lima, na época vice-presidente de planejamento da Y&R), que além de me dar estrutura e opiniões valiosas, me deu o mais importante: o apoio e a confiança para seguir em frente.

Foram doze anos com essa ideia na cabeça, lendo tudo sobre o mercado de luxo, viagens, comunicação e internet.