The Modern no MoMa

Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 305 Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 398

Templo da arte moderna (foi o primeiro museu dedicado à arte moderna e contemporânea e hoje tem um acervo de 150 mil das mais importantes obras desse período) eu não consigo ir à Nova York sem passar pelo MoMA, seja para ver uma das sempre interessantes exposições temporárias, assistir a um filme ou rever obras do acervo permanente. E para quem gosta de comer, o que seria melhor que estar em contato com a melhor arte e ainda poder apreciar uma refeição duas estrelas Michelin no mesmo lugar?

Com uma localização única e especial, contemplando o Jardim de Esculturas Abby Aldrich Rockefeller — que eles, felizmente, mantiveram na construção do novo prédio —, mas com uma entrada extra e separada do museu (o que permite seu funcionamento fora dos horários do MoMA), o The Modern é um restaurante de cozinha e décor  contemporâneos; linhas retas, pé-direito alto e amplos vidros que dão para o jardim onde ficam esculturas de Miró, Matisse, Picasso, Maillol, Giacometti. Por isso, 1. peça pelas mesas próximas ao vidro, por causa da vista e por Ver Mais →

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com


Boutique Assouline


Ver Paris num mapa maior
Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 305 Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 398

Claro que você pode encontrar vários títulos da editora Assouline em qualquer boa livraria do mundo (ou pela internet). Mas, caso você queria encontrar absolutamente todos os títulos, sentir um pouco da filosofia que permeia a edição e a criação dos livros, e ainda encontrar edições limitadas – que mais parecem obras de arte, assim como os títulos da Steidl – e produtos criados especialmente para a loja por nomes como Goyard, Olivia Giacobetti e Coach, that’s “the” place.

Situada no coração de Saint-Germain de Près, com uma entradinha bem discreta (muitos passam reto por sua porta), ao lado da Dior e pertinho da igreja, da La Hune, da Louis Vuitton, dos cafés  Deux Magots e de Flore, e praticamente vizinha do elegante salon de thé  e restaurante – para almoço – do La Durée (na esquina da rue Jacob ), na pequena Boutique Assouline você pode encontrar além dos livros sobre moda, design  e estilo de vida (como os ótimos Paris Hotel Stories, French Riviera e Cocktails com receitas de drinks de Amy Sacco, do Bungalow 8), livros-objeto como a luxuosa coleção Veneza (com capa de veludo Ver Mais →


Ver Paris num mapa maior

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com


Veloso, coxinhas e caipirinhas incríveis

Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 305 Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 398

É como voltar no tempo. Um boteco num tranquilo largo da Vila Mariana, com ruas de paralelepípedo, ao lado do reservatório de água do bairro construído nos anos 1910 (em processo de tombamento), luz amarelada, pertinho da agitada Rua Vergueiro, que só perde a tranquilidade quando o Bar Veloso abre e começa a aglomeração. Gente que lota o bar, gente que bebe de pé na área demarcada na calçada (servida pelos garçons), gente na calçada da rua Conceição Veloso que espera uma hora por uma mesa ou um lugar no balcão. O nome do bar inaugurado em 2005 e que já é um clássico da cidade não tem nada a ver com o nome da rua — uma coincidência —, mas sim em sua inspiração: o Bar Veloso, da Ipanema dos anos 1960, frequentado por Tom Jobim e Vinicius de Moraes (no Leblon tem também um bar com mesmo nome que homenageia o mesmo Veloso).

Por isso, chegue cedo (o bar fecha cedo por estar numa região residencial), sem pressa, porque a espera vale a pena. As mais de quinze receitas de caipirinhas, servidas em copos altos, são excepcionais. Todos os ingredientes se equilibram em precisas medidas, de Ver Mais →

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com


Roberta Sudbrack


Ver RioDeJaneiro_Simonde num mapa maior
Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 305 Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 398

Roberta Sudbrack é um restaurante difícil, de sensações mistas. Não dá pra não valorizar o seu trabalho de resgate de ingredientes brasileiros pouco admirados pela gastronomia como jiló, quiabo, chuchu, inhame, fruta pão, abóbora, ou a técnica apurada que aplica sobre os ingredientes (o peixe estará no ponto perfeito, a gema caipira virá impecável no prato, o pãozinho é delicioso e vem fumegando de quente, a sobremesa é sempre um dos pontos altos…), ou ainda sua criatividade na combinação dos sabores. Mas, a experiência em geral, pelo preço que se cobra, deixa bastante a desejar.

A começar pelo ambiente. O restaurante fica instalado numa casa bem pouco charmosa numa agitada rua do Jardim Botânico (às vezes, bastante barulhenta); a decoração é rústica (rústica, não rústica-cool) com madeiras de demolição, pedras aparentes, mesas sem Ver Mais →


Ver RioDeJaneiro_Simonde num mapa maior

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com


SIGA A SIMONDE

Interaktiv