Penelope Cruz é – uma belíssima – Donatella Versace em nova temporada de American Crime Story

Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 305 Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 398

O assassinato do estilista Gianni Versace no portão de sua mansão, a Casa Casuarina na Ocean Drive em Miami Beach, quando ele voltava do café da manhã no News Cafe, chocou o mundo em 1997. E esse é o tema da terceira temporada da premiada American Crime Story, uma série de casos baseados em fatos reais — cada temporada é um caso — que já contou a história do ex-jogador de futebol americano The People versus O.J. Simpson e, em breve, retrata os efeitos do furacão Katrina em Nova Orleans. A estreia de Assassination of Gianni Versace está prevista para 2018 e o elenco não poderia ser mais incrível: Penelope Cruz, platinadíssima, como Donatella Versace, a irmã que assumiu o império de Gianni; Ricky Martin faz as vezes de Antonio d’Amico, o marido do estilista; e Edgar Ramirez tem o papel principal. Muitas das cenas foram gravadas na própria Casa Casuarina, que hoje abriga um residence  e um restaurante. Mal posso esperar.

LEIA TAMBÉM:

— Tributo Versace para a Client, por Didio

Arte-Banner-Instagram-Divulgacao-10

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com


Tributo Versace para a Client, por Didio

Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 305 Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 398

Gianni Versace era um pioneiro: foi um dos primeiros estilistas que ficou MILIONÁRIO com a moda (sua fortuna sempre gerou rumores); foi um dos primeiros que transformou suas roupas em estilo de vida, criando móveis, roupas de cama, porcelanas, cristais com os melhores fabricantes do planeta; foi um dos primeiros que abriu loja no Brasil, quando as marcas de luxo ainda inexistiam nos Jardins paulistanos.

Eu era apaixonado pelos excessos, pela releitura coloridíssima do barroco e pelo sex appeal de sua moda (na época, diziam que as esposas vestiam Armani, as amantes, vulgares, Versace). Numa era pré-internet, sua paixão pelas artes plásticas e decorativas, sua coleção de arte, sua ousadia nos catálogos e livros fotografados pelos maiores fotógrafos de moda do mundo (ele não se privava de colocar homens nus com TUDO à mostra nos seus catálogos e eu sempre ficava observando Ver Mais →

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com


SIGA A SIMONDE

Interaktiv
Wordpress SEO Plugin by SEOPressor