#SomosTodosRacistas

Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 305 Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 398

Posta foto comendo banana com a hashtag #SomosTodosMacacos (não vou NEM comentar a #VergonhaAlheia do oportunismo do tal apresentador da Globo), mas acha que a empregada é uma folgada e não entende como empregadas podem ficar doentes no dia em que ela organizou um jantar (tampouco entende por que um pobre pode querer uma TV de LED em casa e querer se divertir: QUANTA ousadia). Se o filho aparece namorando uma negra, então… = #SuicídioSocial). Fala mal do Brasil, que quer ir embora deste país de m***a, mas, ah, detesta política. É tudo culpa do PT, do Lula, do mensalão, da Dilma, da Copa — mas sonega imposto de renda, falsifica carteira de estudante pra pagar meia e só pensa em aproveitar a vida —, como se a pobreza e a desigualdade social existissem no Brasil há apenas 12 anos (just for the record, esses DOIS ÍNDICES pelo menos melhoraram BASTANTE nos últimos anos). Vou morar em Paris, em Nova York, Londres, Copenhague (claro, por que eu iria querer viver em Quito, Vienciana ou Luanda? que o Brasil se exploda! vou para um país que me merece! *vulgo países que já passaram por esses processos, dificuldades, revoluções, quando seus CIDADÃOS NÃO FUGIRAM para um país “melhor”*), mas nunca saiu do circuito turístico e não conhece a realidade dos banlieues  e dos outskirts nem se lembra que há apenas vinte anos Nova York era tão perigosa quanto São Paulo (ninguém tinha coragem de andar à noite na rua, nem na Times Square); e que TODOS os países do mundo têm seus problemas. Comuns para quem lá nasceu; difíceis para a nossa adaptação. Vou adorar ver você, como Ver Mais →

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com


Qual o verdadeiro significado de “família”?

Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 305 Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 398

Família. Um homem e uma mulher que não puderam — ou quiseram — ter filhos, é uma família. Uma mulher viúva ou separada com um filho é família. Uma mulher solteira com um filho biológico ou adotivo é família. Um homem solteiro — hetero ou gay — com um filho biológico ou adotivo é família. Duas pessoas gay  com um filho biológico ou adotivo é família. Dois amigos idosos que não têm mais ninguém além de um ao outro é família. São dezenas as configurações possíveis de família. O que forma uma família está muito, mas muito longe de laços jurídicos, religiosos ou de sangue. Tem a ver com amor, com dedicação, com lar. E não somos animais para vivermos em função da procriaçãoPor isso, não me venham falar do valor sagrado dessa “família” que pessoas cheias de “integridade” pregam e que só existem em seu discurso. Achar que TODO casal formado por um homem  e uma mulher serve de exemplo para a sociedade pela perfeição dos laços heterossexuais é fantástico e ingênuo DEMAIS.

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com


Stop Russia’s Anti-Gay Laws!Stop Russia’s Anti-Gay Laws!

Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 305 Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 398

Toda a nossa solidariedade e indignação para com o que vem acontecendo com os gays  russos. Já são inúmeros os vídeos nas redes sociais de gays  sendo torturados (não tem nem como assisti-los do começo ao fim), ativistas presos e turistas interrogados por estarem fazendo “propaganda gay”. Assim como os judeus foram utilizados como causa dos problemas do mundo pelos nazistas, parece que os gays – não só na Rússia, mas também pelos evangélicos fundamentalistas brasileiros – são o bode expiatório da vez. E o que é pior, assim como no caso da Rússia e no dos religiosos brasileiros, é que essas ações e leis têm amplo apoio da população (no nazismo também foi assim…). Que a comunidade internacional consiga exercer alguma pressão sobre a intolerância e o ódio contra LGBTs russos de forma que eles sejam respeitados como seres humanos e cidadãos. Ver Mais →

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com


Preconceito de luxo

Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 305 Notice: Undefined variable: site in /var/www/wp-content/plugins/adrotate-pro/adrotate-output.php on line 398

O que dizer de pessoas que sempre – e apenas – amam o novo, mas quando o “novo” se populariza elas passam a odiá-lo? Escrevendo sobre a inauguração da Maison Baccarat em Moscou e citando o designer francês Philippe Starck, me veio à cabeça uns textos que venho escutando há algum tempo… Acho interessante observar pessoas dizerem, em um dado momento – geralmente quando a informação é nova ou inédita –, que AMAM uma banda, um designer, ou até um ingrediente, e depois de um tempo – geralmente, quando a informação se torna mais acessível a outras pessoas (principalmente, de “classes” que esses consideram inferiores) –, elas dizerem que “odeiam” aquilo que tanto admiravam e aproveitavam.

Ver Mais →

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com


SIGA A SIMONDE

Interaktiv
Wordpress SEO Plugin by SEOPressor