Thermae Bath Spa, um spa superlativo

Hot Bath Street, sem número

quase esquina com a Bath Street

0 844 / 888-0844 para ligar da Inglaterra

44 1225 / 33-1234 para ligar do Brasil

O agendamento para tratamentos no spa só pode ser feito por telefone e o pagamento integral do tratamento deve ser feito no momento da reserva através dos dados do seu cartão de crédito.

Preço aproximado por pessoa: R$ 300, considerando a entrada para duas horas £ 35 + um prato quente no restaurante a £ 15 + o delicioso cheesecake de caramelo a £ 6 + duas águas a £ 4 + café £ 3 = £ 63

Aceita todos os cartões de crédito.

Todos os dias:

Das 9h às 21h

Dress code:

Roupas de banho obrigatórias

Desde 2006

Site, clique aqui

Não tem o serviço de bar da piscina do Fasano Rio, a paisagem não é natural como nas piscinas infinitas com vistas cinematográficas das praias e ilhas mais lindas do mundo (e fotos e selfies não são permitidas; ai, que vontade que dá…), mas se banhar na piscina do topo do prédio principal do Thermae Bath Spa, em Bath, com vista para a Abadia da cidade (onde foi coroado o primeiro rei da Inglaterra) e para toda a arquitetura georgiana e as colinas que circundam a cidade é uma das experiências mais incríveis e essenciais de uma viagem à Inglaterra. E a água é quente — naturalmente quente —, enriquecida com 43 minerais (naturalmente, já que a água vem das profundezas do solo), e é o único lugar em Bath onde você pode ter a experiência que romanos e nobres ingleses tiveram, ao longo de dois mil anos, nesta cidade que foi fundada e ficou famosa por suas três fontes termais — as únicas hot springs de todo o Reino Unido — cujas águas chegam ao solo a uma temperatura de 46º C (e nas piscinas da Thermae a 33,5º C). (E se o dia estiver lindo, verifique com a recepção o horário do pôr do Sol no dia — de 16h, no inverno, a 21h, 21h30, no verão —, para aproveitá-lo de dentro da piscina!)

A menos de cem metros das Termas Romanas, o Thermae Bath Spa é um spa superlativo. Cinco construções históricas — incluindo duas termas —, tombadas como Patrimônio Mundial, foram restauradas/reformadas pelo escritório de arquitetura londrino Grimshaw (responsável por grandes projetos como as estações Waterloo e Paddington, os aeroportos de Manchester e de Zurique — incluindo três dos cinco terminais de Heathrow —, e o prédio do Financial Times), e foi construído um novo edifício de cinco andares, chamado de New Royal Bath (em cujo topo fica a piscina linda-linda), para abrigar vestiários, vinte salas para mais de 40 tipos de tratamentos, saunas a vapor, piscinas coberta e ao ar livre, e o restaurante Springs (pratos pequenos, mas saudáveis e muito, muito bem feitos; não deixe de provar o cheesecake de caramelo com toque de café; e se o seu roupão estiver molhado, peça um novo para a atendente). Numa cidade famosa por sua arquitetura, não dava para fazer um prédio novo sem o melhor da arquitetura contemporânea.

Para usar todas as modernas instalações do New Royal Bath, você paga 35 libras esterlinas por duas horas (10 libras por hora adicional) e tem direito a toalha, roupão, chinelos (de pano; traga a suas Havaianas porque é HORRÍVEL ficar andando com esses slippers molhados nos pés, principalmente quando não está quente) e uma super tecnológica pulseira de borracha, onde fica armazenado o horário da sua chegada e com a qual você abre e fecha o seu armário, faz os pedidos no restaurante e compras na loja do spa. Na saída, basta entregar a pulseira na recepção e pagar a conta. Super prático.

Além do prédio principal, são duas piscinas históricas mas menores: a Cross Bath (atravessando a rua), onde a Rainha Anne da Inglaterra se banhou e que foi construída sobre uma cisterna original usada pelos romanos há dois mil anos, e a Hot Bath, desenhada por John Wood Filho, o arquiteto do Royal Crescent. Mas o uso é restrito. Para usar a Hot Bath, será preciso contratar uma sessão de watsu, uma terapia de relaxamento profundo dentro da água (para você apenas ou para o casal). Para banhar-se no Cross Bath, verifique na recepção se ele não está alugado para um grupo (por £ 200, você pode convidar até doze amigos para uma hora e meia de sessão exclusiva). Se ele estiver disponível, você pode utilizá-lo por £ 20 em uma sessão de uma hora e meia. Mas como o Cross Bath não fica no prédio principal, só dá para usar ele sozinho (não dá para sair de sunga de um prédio e entrar no outro).

Todas as instalações são mistas, para homens e mulheres, incluindo os vestiários, e, por isso, não dá para fazer nada pelado no spa. Ah, e você será o único usando sunga. Parece que na Inglaterra, TODOS os homens só usam shorts ou bermudas na água. De resto, é só aproveitar as águas das piscinas e seus jatos de água quentinhos e as saunas com aromas como eucalipto, sândalo, olíbano, com direito a uma ducha que parece uma cachoeira e depois sair para jantar ou ir direto para a cama. Mas traga suas Havaianas.

E CONFIRA O NOSSO GUIA COMPLETO DE BATH E DE STONEHENGE:
Bath, uma introdução
Bath: a água de 10.000 anos
Bath: Informações Práticas
Thermae Bath Spa, um spa superlativo
Lucknam Hotel Park & Spa
Stonehenge: (quase) tudo sobre esse círculo de pedras
Stonehenge: quando e como visitar

thermae-bath-spa-6-1200Na margem inferior, uma das piscinas que fazem parte das históricas Termas Romanas; na margem superior, a piscina no topo do edifício New Royal Bath do Thermae Bath Spa. Imagem: Divulgação SONY DSCCaminhando pela bela e simétrica Bath Street, você já vê o Cross Bath ao centro, no fundo. A entrada da Thermae Bath Spa fica à esquerda. Imagem: Shoichi Iwashita SONY DSCO Hot Bath, onde acontecem as sessões de watsu e que ocupa o prédio desenhado por um dos mais importantes arquitetos georgianos da cidade: John Wood Filho. Imagem: Shoichi Iwashita thermae-bath-spa-9-1200O Cross Bath, onde um dia a Rainha Anne se banhou e que você pode alugar para até 12 pessoas. Não há acesso ao Cross Bath pelo prédio principal; a entrada é independente. Imagem: Divulgação thermae-bath-spa-10-1200Uma sessão de watsu no Hot Bath. Imagem: Divulgação thermae-bath-spa-8-220A vista da piscina no topo do New Royal Bath com vista para a linda cidade de Bath. Imagem: Divulgação thermae-bath-spa-7-1200No subsolo, você encontra a piscina Minerva, a maior de todas e com as águas quentes das fontes termais da cidade. Imagem: Divulgação thermae-bath-spa-11-1200O restaurante Springs, que fica no primeiro andar com vista para o Cross Bath, onde você pode tomar um chá da tarde, almoçar ou até beber um vinho, entre um banho e outro. Imagem: Divulgação SONY DSCO supreme de frango, com cogumelos e batatas no Spring (£ 12). Imagem: Shoichi Iwashita SONY DSCSalmão grelhado com crème fraîche e cuscuz de brócolis (£ 13). Imagem: Shoichi Iwashita SONY DSCO imperdível cheesecake de caramelo salgado com toque de café no Spring (£ 6). Imagem: Shoichi Iwashita thermae-bath-spa-12-300As saunas a vapor aromáticas que ficam no segundo andar do Thermae Bath Spa. Imagem: Divulgação.

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com