Alitalia: Testamos a Premium Economy da companhia; vale a pena?

Eu amo o colorido do verde, branco e vermelho da bandeira italiana — da pizza napoletana (manjericão, muçarela branquinha e tomate) — e dos novos uniformes de tripulação {veja clicando aquie dos aviões da Alitalia. Em qual outra companhia aérea você tem um cinto de segurança em couro rosso ? Mas essas mudanças são recentes e começaram quando a Etihad, a companhia aérea do rico emirado de Abu Dhabi {saiba mais sobre as três companhias emirati  que estão dominando o mundo, clicando aqui}, comprou 49% da Alitalia, em 2014, num processo que incluiu uma recapitalização de € 76 BILHÕES (acabando com a dívida que quase faliu a empresa) e um investimento no valor de  560 milhões, sendo que € 400 milhões foram injetados só em 2016. Até então, a Alitalia era considerada uma péssima opção para os viajantes (eu mesmo tinha tido péssimas experiências com a companhia).

Com essa reestruturação, que incluiu novas rotas, novo logo (uma evolução discreta aos olhos leigos), novos aviões, novos lounges  em Roma e Milão, novas pinturas das aeronaves, novos interiores e novo serviço de bordo, em que o conjunto das ações têm o objetivo Ver Mais →

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com


Os belos – e italianíssimos – novos uniformes dos tripulantes da Alitalia

Estou apaixonado pelos novos uniformes da tripulação da Alitalia: os chapéus que fazem referência aos terraços de Cinque Terre na Riviera Italiana; os vestidos vermelhos usados com meia-calça e acessórios verdes e os uniformes verdes usados com meias, sapatos e bolsas bordeaux; as luvas bicolores em couro; as muitas estampas em várias tonalidades de verde e vermelho misturadas, como só os italianos conseguem combinar e fazer dar certo. (Só não gostei do colete double-breasted com estilão de fraques antigos dos comissários masculinos.) E sobre a opinião de muita gente que não considera o uniforme elegante (“onde já se viu meia calça verde?”, escutei), eu penso que o uniforme da tripulação de uma companhia aérea pode, sim, ir além da elegância tradicional e arriscar, ser lúdico, um statement. Pois o que eu posso garantir hoje, depois de ver os funcionários da Alitalia andando pelos aeroportos do mundo, é que eles não passam despercebidos em nenhum lugar. Quer melhor branding ?

Depois de vinte anos usando os mesmos uniformes (lembrando que Mila Schön — em 1969 e 1972 — e Giorgio Armani — em 1991 — já assinaram os uniformes da Alitalia; os últimos eram da Mondrian, uma casa di moda  de Modena, de 1998), a coleção criada pelo estilista baseado em Milão Ettore Bilotta (o mesmo que desenhou os últimos uniformes da Etihad Ver Mais →

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com


SIGA A SIMONDE

Interaktiv