Preconceito de luxo

O que dizer de pessoas que sempre – e apenas – amam o novo, mas quando o “novo” se populariza elas passam a odiá-lo? Escrevendo sobre a inauguração da Maison Baccarat em Moscou e citando o designer francês Philippe Starck, me veio à cabeça uns textos que venho escutando há algum tempo… Acho interessante observar pessoas dizerem, em um dado momento – geralmente quando a informação é nova ou inédita –, que AMAM uma banda, um designer, ou até um ingrediente, e depois de um tempo – geralmente, quando a informação se torna mais acessível a outras pessoas (principalmente, de “classes” que esses consideram inferiores) –, elas dizerem que “odeiam” aquilo que tanto admiravam e aproveitavam.

Ver Mais →

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com