T Fondaco Dei Tedeschi: Vista de tirar o fôlego de Veneza no posto comercial que resgata a história da Serenissima

Nas viagens, prefiro sempre passar meu tempo em museus, restaurantes e cafés (acompanhado de livros, revistas, jornais, computador e celular) que em lojas. Mas na cidade que construiu sua glória sendo a ligação comercial entre o Ocidente e o Oriente entre os séculos 13 e 16, talvez faça sentido escrever sobre uma loja que resgata essa herança. Ainda mais 1. se essa loja ocupar uma antiga e gigantesca residência-depósito de um rico mercador de origem alemã construída no século 13 — a maior construção de Veneza com sete mil metros quadrados —  cujo volume de mercadorias representava metade dos impostos faturados pela Sereníssima República de Veneza (por razões de segurança, os comerciantes tinham de armazenar suas mercadorias debaixo de seus olhos); 2. se esse edifício quadradão do ladinho da Rialto no Gran Canale — dá para chegar de barco! — tiver sido redesenhado pelo arquiteto holandês Rem Koolhas, com participação especial de Philippe Starck Ver Mais →

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com