Passo a passo: Como tirar o visto americano

Antes de qualquer coisa: primeiro tire o visto, depois compre a passagem e reserve o hotel. Se o seu visto for negado — apesar de que a taxa de brasileiros rejeitados é cada vez menor (hoje em torno de 6%) —, eles não reembolsam nem os US$ 160 (quase R$ 500) que você vai gastar para tirar o visto nem qualquer prejuízo que você tenha por não conseguir realizar a viagem. Os brasileiros gastam TANTO nos Estados Unidos que o sonho dos órgãos de promoção do turismo norte-americanos é acabar com o visto para brasileiros, mas por questões políticas (inclusive do governo brasileiro que não quer que ainda mais brasileiros optem por gastar seu dinheiro lá em vez de aqui, movimentando a economia americana) é bem improvável que isso aconteça.

PREPARANDO-SE
Para tirar seu primeiro visto ou renová-lo (a validade de qualquer visto para os Estados Unidos hoje é de dez anos), as etapas são praticamente as mesmas. A única diferença é que quem renova o visto não passa pela entrevista na embaixada ou consulado (etapa #10), o processo termina na etapa #9. Em ambos os casos, você precisará de:
— Passaporte válido por, no mínimo, seis meses;
— Ter em mãos o número do seu passaporte e do seu CPF;
— US$ 160 (quase R$ 500) por visto (sem custos de táxi ou estacionamento); e
— Duas fotos 5 cm x 7 cm que talvez nem sejam usadas (mas é bom tê-las).

O COMEÇO DO PROCESSO
1. Entre no site ceac.state.gov/genniv. No campo Get Started > Select One, procure e selecione Brazil e a cidade onde você vai tirar o seu visto. Tem Brasil, Brasília; Brasil, Recife; Brasil, Rio de Janeiro; e Brasil, São Paulo. Quando Brazil e a cidade que você tiver selecionado aparecer no campo, clique no botão Start an Application.

2. Na próxima página, você já receberá um número só seu, o Application ID. Nesta página, você terá de selecionar uma das perguntas que aparecem, escrever uma resposta e, muito importante, guardar, caractere por caractere, o que você escreveu. Toda vez que você acessar o site ou o sistema, você terá de escolher a pergunta que você escolheu e responder exatamente o que você respondeu da primeira vez. Como o campo já escreve tudo em maiúscula, você não precisa se preocupar com elas ou com as minúsculas, apenas com as palavras e os possíveis espaços.

O FORMULÁRIO
3. Quando você clicar em Continue, você já estará preenchendo os campos do formulário DS-160, que é para o visto para não-imigrantes, ou seja, viajantes com estadia temporária nos Estados Unidos. O nome do formulário em inglês é Nonimmigrant Visa. O formulário é longo, é preciso de atenção para verificar os documentos e preencher os campos EM INGLÊS, por isso, tenha os documentos em mãos e reserve uma hora meia para preenchê-lo com calma e atenção.

DICA IMPORTANTE: para não perder tudo o que você já preencheu, no canto inferior de cada página tem um botão Save, que serve para salvar os dados. Salve SEMPRE e sempre que passar para a próxima página.

DICA 2: Mas você não precisa responder o formulário todo de uma vez. Deixe salvas todas as informações preenchidas (lembre-se, SALVE SEMPRE e sempre que mudar de página no formulário), guarde o número do protocolo, sua senha, e quando quiser acessar novamente o site, vá de novo em ceac.state.gov/genniv, e selecione a opção Retrieve an Application.

PREENCHENDO O FORMULÁRIO
4. TUDO te será perguntado: informações pessoais e da sua família (incluindo onde você estudou, onde trabalha), onde e quanto tempo você vai ficar nos EUA (não tem necessidade de colocar o endereço exato), se você tem algum transtorno mental e se pretende fazer terrorismo nos EUA (se você quiser apenas curtir Nova York de forma saudável, basta responder Não a essas perguntas).

DICA: Alguns campos podem te deixar confuso sobre o que responder. Então é bom saber que em National Identification Number, você deve inserir o número do seu CPF, e em U.S Social Security Number, em U.S Taxpayer ID Number e em Passport Book Number é só ticar Does Not Apply, já que esses campos não se aplicam a cidadãos brasileiros. Caso você tenha alguma dúvida quanto às palavras que eles usam no formulário, o site da Embaixada tem um glossário bastante completo mas não muito prático (o glossário é organizado em ordem alfabética, mas nos termos em português) que você acessa clicando aqui.

O TIPO DE VISTO
5. São 18 tipos de visto, mas os mais comuns são: B1 para viajantes a negócios e estudantes acadêmicos; B2 para turismo e tratamento médico; e C1 que é o visto de trânsito, caso você esteja viajando para outro país, mas precise fazer uma escala ou conexão nos Estados Unidos, ou seja, um visto para ficar apenas no aeroporto. Para conferir a lista completa de vistos, clique aqui.

6. Uma vez que você tenha respondido todo o formulário, revise TUDO. Informações incorretas podem atrasar o processo de requerimento de visto. Se você já conferiu, imprima a folha de confirmação para levar nos dias agendados para as entrevistas. E guarde a folha para levar com os outros documentos.

HORA DE PAGAR
7. Existem duas formas de pagamento: cartão de crédito e dinheiro. Para pagar os US$ 160 com cartão, você precisa entrar neste site, clicar em Acessar e Criar uma Conta. Com a sua conta criada, você efetua o pagamento e seleciona se você quer receber seu visto em casa ou retirá-lo em uma das unidades do CASV, o Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto. Após o pagamento, imprima o comprovante pois você precisará levá-lo na entrevista. Se você quiser pagar em dinheiro, você seleciona o modo dinheiro, imprime o boleto e precisará ir a uma agência bancária do Citibank para fazer o pagamento.

HORA DE AGENDAR AS ENTREVISTAS
8. Se você pagou a taxa com cartão de crédito, no mesmo site, após a confirmação do pagamento, ele já vai te direcionar para o agendamento das entrevistas (serão duas: a primeira no CASV e a segunda na Seção Consular). Caso você faça o pagamento em dinheiro, você pode tanto agendar as entrevistas pelo site ou por telefone (mas só depois do pagamento da taxa). A lista dos telefones para agendamento (que também serve para quando o site estiver com problema), você confere aqui.

A PRIMEIRA “ENTREVISTA” NO CASV
9. No Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto, você irá apenas tirar uma foto e colher suas impressões digitais, mas terá de levar os seguintes documentos: o passaporte, válido por no mínimo seis meses; o comprovante de pagamento; a ficha de confirmação do formulário DS-160; e a página de confirmação e instruções do agendamento impressa (caso você se esqueça de alguma folha, perto dos Centros sempre tem um lugar onde você pode imprimir alguma coisa). Se você estiver renovando o seu visto, você precisa levar o passaporte com o visto anterior. O processo é bem rápido, mas as filas, não. Nas unidades do CASV (são sete unidades espalhadas por São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Porto Alegre), você pode entrar com o celular — desligado — e uma bolsa pequena. Nada de mochilas. A entrevista no CASV não pode acontecer no mesmo dia da entrevista na embaixada ou no consulado. Mas pode ser em dias consecutivos (tipo, hoje no CASV e amanhã na embaixada). Por isso, os CASVs abrem aos domingos. Para mais informações sobre esta etapa no CASV, clique aqui. Ah, para quem estiver renovando o visto, o processo termina aqui.

A SEGUNDA E ÚLTIMA ENTREVISTA NA SEÇÃO CONSULAR
10. Na embaixada ou no consulado, você não pode entrar com o celular. Apenas com uma bolsa pequena. E você passará por todos os processos de segurança (vai ter de esvaziar os bolsos, tirar o relógio, o cinto). Vai ter de levar de novo os mesmos documentos que você levou no CASV (o passaporte, o comprovante de pagamento, a ficha de confirmação do DS-160, a página de confirmação do agendamento e uma foto 5 cm x 7 cm recente, mesmo tendo tirado uma no CASV). Apesar de haver a possibilidade de eles não pedirem, leve também sua Declaração de Imposto de Renda, comprovante de endereço, seus documentos pessoais (todos originais!). Quanto mais documentos que comprovem seu vínculo com o Brasil (trabalho, família), melhor. É preciso ficar BEM CLARO para o entrevistador que você NÃO QUER ir morar nos EUA, mas apenas passear. A entrevista é rápida e tranquila. Não fique nervoso e responda as perguntas com calma e segurança.

No meu caso, eles perguntaram nome, idade, profissão, motivo da viagem e onde eu ia ficar nos EUA. Basicamente, eles queriam ver se eu entrava em contradição com as informações preenchidas no formulário DS-160. Depois de responder as perguntas, o agente me disse que o visto havia sido aprovado. O passaporte fica na Secção Consular já que o visto é anexado nesse documento. Caso o seu visto seja negado, eles te devolvem o passaporte na hora.

O PÓS-ENTREVISTA
11. Você pode checar o status da sua solicitação, clicando aqui e acessando a sua conta que você criou para pagar e agendar as entrevistas. Quando eu fui checar o status do meu visto, apesar de ele ter sido aprovado, aparecia a mensagem Administrative Processing, que quer dizer que o processo poderia demorar até 60 dias já que o Consulado precisava de mais tempo para analisar a situação. Fiquei preocupada. Mas eu esperei dois dias e o status mudou para Issued, ou seja, “emitido”. Mas, se dentro de 2 dias úteis, o status ainda continuar assim, aí sim, o seu requerimento pode demorar mais tempo.

RECEBENDO O SEU PASSAPORTE COM O VISTO
Depois disso, é só esperar até 10 dias úteis pra receber o passaporte com o visto no endereço que você escolheu ou retirar em uma das unidades do CASV e se preparar para a sua viagem.

FAN PAGE EMBAIXADA
A embaixada dos Estados Unidos tem uma ótima fan page repleta de informações úteis e esclarecimento de dúvidas no link Vistos no Facebook. Vale a pena conhecer.

Arte-Banner-Instagram-Divulgacao-10

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com