Seabourn: Dos cruzeiros de luxo, o melhor? #publi

O banheiro com vista da Wintergarden Suite no navio Seabourn Encore, lançado em 2016. Um navio-gêmeo, o Ovation, ainda será lançado em 2018.

Além do serviço de quarto 24 horas incluso no valor do cruzeiro — que tal caviar & champagne como lanchinho da madrugada? —, um frigobar abastecido com duas garrafas de sua bebida preferida — uísque escocês, americano ou canadense; gin Tanqueray ou Beefeater; vodca Absolut ou Stolichnaya; vinhos — é o que você vai encontrar ao adentrar sua cabine em um dos quatro navios da frota Seabourn (todos novíssimos, o mais “velho” é de 2009). E para os viajantes frequentes de cruzeiros de luxo, a opinião é quase unânime: a companhia norte-americana com sede em Seattle fundada em 1986 entrega um serviço ainda mais exclusivo que outras companhias do mesmo nível {leia aqui os nossos publieditoriais sobre a Silversea, Silversea Galapagos e a Ponant}, fato que é reconhecido pelos rankings  de revistas especializadas como a Travel + Leisure e a Condé Nast Traveler: a Seabourn ocupa o topo do ranking  na categoria cruzeiros em navios pequenos em ambas as revistas na maioria dos anos desde 2007 e é parte da Gold List da CN Traveler desde 1994. São apenas dois modelos de navio: o Odyssey, lançado em 2009 para 450 passageiros, e seus navios-gêmeos, o Sojourn (2010) e o Quest (2011); e o Encore, lançado em 2016 para 600 passageiros, que ganha seu navio-gêmeo em 2018, o Ovation (seria essa uma tendência dos cruzeiros de luxo, já que a Silversea também está lançando ainda em 2017 o Muse para 596 passageiros?). Todas as fotos desta matéria são do Seabourn Encore. 

O MAIOR SPA E O MAIOR ESPAÇO POR PASSAGEIRO ENTRE OS CRUZEIROS

seabourn-cruzeiros-cruise-qualitours-encore-ovation-odyssey-viagens-de-luxo-1100-2seabourn-cruzeiros-cruise-qualitours-encore-ovation-odyssey-viagens-de-luxo-1100Algumas das vantagens de viajar em um cruzeiro em navios pequenos ou megaiates, além do serviço personalizado e o convívio com companheiros de viagem interessantes, é sempre a exclusividade de visitar lugares e portos que não comportam seus gigantescos primos e visitar vários destinos e paisagens ocupando a mesma cabine home-away-from-home  (e espaçosa: nos navios Seabourn 90% das cabines têm varanda, banheira e, no mínimo, 34 metros quadrados) sem precisar fazer e desfazer mala, sem fazer check-in  e check-out, sem se preocupar com transportes, aeroportos, estações de trem e baldeações, e aproveitar o melhor que cada destino pode oferecer, já que essas companhias planejam seus itinerários de forma a visitar os lugares mais desejados do mundo em suas melhores épocas e temporadas. E, apesar de operar navios maiores que outras companhias de cruzeiros de luxo (tanto os modelos Odyssey quanto Encore possuem 650 pés, mas o primeiro abriga 450 passageiros e o segundo, 600), o layout  e a distribuição dos decks  garantem a sensação de intimidade, já que todos os navios possuem biblioteca, cassino (pequeno), duas piscinas, seis jacuzzi, o maior spa  de todos os navios de luxo do mundo (detalhe: com tratamentos faciais feitos com produtos Skinceuticals, única marca de cosméticos que eu uso), sete lounges  e bares e, no mínimo, seis opções de restauração, incluindo o The Grill, restaurante assinado pelo chef  Thomas Keller, do French Laundry / Per Se (mas esqueça grandes exercícios gastronômicos: o Grill é especializado em carnes, de lagostas ao Thermidor a bifes grelhados). E, diferentemente dos grandes navios, você pode comer na hora, na mesa e com quem quiser, sem horários e mesas predeterminados, já que no restaurante principal não seria um problema se todos os passageiros do navio resolvessem jantar lá na mesma hora. É o maior espaço por passageiro em navio de toda a indústria dos cruzeiros.seabourn-cruzeiros-cruise-qualitours-encore-ovation-odyssey-viagens-de-luxo-1100-6Além do serviço primoroso — a proporção é de quase 1 tripulante por passageiro (nos grandes navios, a média de um para três) —, a parceria com a Unesco para a programação de palestras a bordo e excursões em terra, e a marina retrátil (foto abaixo), de onde você pode sair de caiaque ou stand-up-paddle  do navio para o mar, garantem a ocupação do tempo de forma interessante e divertida.seabourn-cruzeiros-cruise-qualitours-encore-ovation-odyssey-viagens-de-luxo-1100-5

QUANTO CUSTA UM CRUZEIRO SEABOURN?

Sete dias pela Itália e Grécia a bordo do novíssimo Seabourn Encore custa a partir de US$ 3.300, com tudo incluso (room-service  24 horas, gorjetas, cafés, vinhos, champagne, destilados). Aí, é preciso acrescentar o wi-fi, que não está incluso (e é caro: US$ 400 por doze dias) e as passagens aéreas de ida para o porto de embarque e de volta, e, pelo menos uma noite de hospedagem na cidade de embarque antes do início do cruzeiro por precaução, já que se você tiver algum problema no seu voo e não conseguir embarcar, você perde o cruzeiro.

OPORTUNIDADE PARA RESERVAS ATÉ 13 DE JUNHO DE 2017

seabourn-cruzeiros-cruise-qualitours-encore-ovation-odyssey-viagens-de-luxo-1100-8Já dá para reservar alguns cruzeiros no Seabourn Ovation, que será lançado em maio de 2018, ou então navegar nos outros quatro navios já a partir de junho de 2017 até maio de 2018 com condições especiais para reservas feitas até 13 de junho de 2017. Se você comprar uma cabine Ocean View, a mais simples e sem varanda, ganha um upgrade para a cabine Veranda. Se comprar uma suíte, ganha crédito de US$ 400 a US$ 1000 por cabine para serem utilizados durante o cruzeiro em excursões em terra ou serviços no spa. Para conferir em quais saídas as oportunidades se aplicam, consulte um consultor da Qualitours através do site, clicando aqui, ou pelo telefone 11 2175-7703 se estiver na cidade de São Paulo ou 4003-3892 a partir de qualquer cidade do Brasil.

LEIA TAMBÉM:

— As viagens mais incríveis de volta ao mundo, por ar, por terra e por mar

— Silversea: Navios pequenos e luxuosos em mais de 800 portos pelo mundo #publi

— Cruzeiros de luxo: Os megaiates franceses da Ponant #publi

— Galápagos: Como conhecer as ilhas que inspiraram uma das ideias mais revolucionárias da história #publi

Arte-Banner-Instagram-Divulgacao-10

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com