Silversea: navios pequenos e luxuosos em mais de 800 portos pelo mundo #publi

Apenas navios de pequeno porte conseguem navegar o Tâmisa -- e passar pode debaixo da Tower Bridge! --; e os cruzeiros que partem de Londres com destino a Saint Petersburg (passando por Amsterdam, Copenhagen, Estocolmo) é um dos destaques - e meu sonho de consumo - do portfolio da companhia de cruzeiros de luxo italiana Silversea durante o verão europeu.

Voltar para o início dos tempos em Galápagos, sair do porto de San Francisco num cruzeiro de 120 dias para Monte Carlo visitando Havaí, Austrália, Sudeste Asiático, Oriente Médio, Grécia e Itália, ou ainda sair de Londres passando por baixo da Tower Bridge com destino à São Petersburgo, onde você aproveitará a cidade por dois dias inteiros (geralmente os navios só passam algumas horas em cada lugar) são algumas das incríveis experiências que a companhia de cruzeiros de luxo italiana Silversea — da família Lefebvres de Roma, mas com sede em Mônaco — oferece a seus passageiros, com sua frota atual de oito navios pequenos que, ao mesmo tempo que cruzam oceanos com conforto e segurança, navegam e aportam em lugares inviáveis para grandes navios, como, por exemplo, o rio Tâmisa.

São dois os estilos de navios: cinco pertencem à frota clássica — o Cloud foi o primeiro inaugurado em 1994; depois vieram o Wind, o Shadow, o Whisper e o Spirit (vem mais um, o Muse no ano que vem); todos com bandeiras das Bahamas — e os outros três são específicos para expedições nos lugares mais remotos do planeta — com todo conforto, claro — incluindo dois navios, o Explorer e o Discoverer, adaptados para enfrentar o gelo polar, e outro exclusivo para Galápagos, com capacidade para apenas 100 passageiros e reformado em 2014 (apesar de a maioria dos navios terem sido renovados nos anos 2010, a Silversea acaba de anunciar investimentos de US$ 170 milhões em novas reformas). Esses oito navios passam todos os anos por mais de 800 portos nos sete continentes, seguindo o calendário das estações (norte da Europa entre os meses de junho a agosto, Mediterrâneo entre abril e novembro, Caribe de novembro a março), em viagens em que é possível conhecer vários destinos sem precisar fazer e desfazer mala, em navios cujos quartos — todos — têm vista para o mar (nada de cabines sem janelas e 70% da oferta de cabines têm varandas), serviço personalizado (leia mais abaixo), em que se desce do navio direto no chão (sem precisar pegar tender ), com wi-fi gratuito e ainda com mais tranquilidade já que só são aceitas nos cruzeiros crianças com mais de seis anos de idade.silversea-qualitours-cruzeiros-navios-de-luxo-1200-6

ALL INCLUSIVE MESMO

Quer tomar café da manhã de roupão na cabine, beliscar alguma coisa de madrugada ou mesmo jantar no quarto (detalhe: com serviço prato a prato)? O room service  disponível 24 horas está incluso no valor da viagem. Assim como uma seleção de vinhos e destilados, café e refrigerante em todos os bares, lounges  e restaurantes do navio; e no frigobar da cabine! Você tampouco precisa se preocupar com as gorjetas, também inclusas. Já falei do wi-fi  gratuito acessível de qualquer parte do navio?silversea-qualitours-cruzeiros-navios-de-luxo-1200-5silversea-qualitours-cruzeiros-navios-de-luxo-1200-2

SEM HORA PARA COMER, SEM LUGAR MARCADO

Além dos restaurantes de especialidade para os quais é preciso fazer reservas (como o Champagne, restaurante Relais & Châteaux presente nos navios da frota clássica), todos os navios Silversea possuem um restaurante principal, o The Restaurant, onde você pode jantar a qualquer hora (dentro do horário de abertura do restaurante) e se sentar onde quiser; seja numa mesa para dois ou numa mesa maior com seus novos amigos de cruzeiro.silversea-qualitours-cruzeiros-navios-de-luxo-1200-3silversea-qualitours-cruzeiros-navios-de-luxo-1200-1

MORDOMO EM TODAS AS CABINES, EM TODOS OS NAVIOS

Uma das melhores coisas de se fazer cruzeiro é poder visitar vários destinos, passar por várias paisagens, SEM precisar fazer e desfazer mala. Mas, se mesmo assim, você não gosta nada deste processo (afinal, você já teve de fazer a sua mala para viajar), é só chamar o mordomo do seu quarto — não importa se a sua cabine for a mais simples — para desfazer sua mala, arrumar o guarda-roupa, agendar sessões no spa, fazer reservas ou um pedido especial para o chef, esclarecer dúvidas. A Silversea é a única companhia de cruzeiros do mundo a oferecer serviço de mordomo para todos  os passageiros em todos os navios (como se já não bastasse a proporção tripulação-viajantes de quase 1 por 1).

SILVER MUSE E O SILVER COULD EXPEDITION

silversea-qualitours-cruzeiros-navios-de-luxo-1200-8 silversea-qualitours-cruzeiros-navios-de-luxo-1200-7No segundo trimestre de 2017, a Silversea lança um novo navio, o maior e mais moderno de todos, o Silver Muse (fotos acima), para 596 passageiros, com oito restaurantes, incluindo um Relais & Châteaux, um italiano, um asiático, um japonês, entre outros, sendo que a menor e mais simples cabine terá 36 metros quadrados, com terraço, o que é enorme  para os padrões marítimos.

Para saber sobre todas as próximas saídas dos navios Silversea, é só acessar o site da Qualitours, clicando aqui.

Arte-Banner-Instagram-Divulgacao-10

VEJA MAIS


shoichi.simonde@gmail.com